+55 (47) 2105-5000
Voltar

Por que é realista presumir que 2020 terá um PIB em ascensão

20 Janeiro 2020

No início de cada ano, todos os analistas fazem projeções sobre o PIB. Outra vez, todas as estimativas são de crescimento de mais de 2% do PIB brasileiro. Em vez de “brincar” com os números, vamos comentar algumas das razões que justificam esse otimismo em relação ao PIB brasileiro de 2020.

Guerra Comercial USA x CHINA

Com as eleições americanas no próximo ano, é de interesse do presidente Trump, encerrar a guerra comercial entre Estados Unidos e China. O primeiro acordo assinado no início deste ano demonstra isso. Trump quer evitar tudo que possa atrapalhar a economia americana e suas chances de reeleição. Com isso, os investidores ficarão mais calmos e o comércio global aquecerá, o que deve beneficiar não só o comércio do Brasil, como sua busca por capital de investimento.

Reforma da Previdência

Depois de 20 pequenos ajustes, 3 anos de debates e cobertura da mídia, em 2019, finalmente (enfrentando fake news e demagogia), a realidade acabou se impondo. A mãe de todas as reformas. A reforma da Previdência foi aprovada.

Só ela não é o suficiente, mas sem ela, nenhuma outra reforma ou conjunto de reformas acontecerá. Com o colapso do Estado Brasileiro afastado, investir no Brasil deixou de ser proibitivo. Talvez não seja a melhor, mas agora é uma opção. Parece existir muito capital no mundo em busca de boas opções de investimento, e o Brasil, a cada dia, parece um lugar melhor para esses capitais.

Recuperação do Extrativismo

O incidente de Brumadinho, no início de 2019, causou um grande estrago na indústria extrativista. O Banco Central estima uma perca de 0,2% do PIB. Com a recuperação desta indústria, o PIB do Brasil deve receber um reforço que não existiu em 2019.

Argentina

Segundo estimativas do BC, a crise da Argentina e, por consequência, a queda das exportações brasileiras para lá (especialmente de produtos industrializados), custaram 0,18% do PIB de 2019.

A crise Argentina não cessará em 2020. Pode até piorar, mas, para o Brasil, as exportações já caíram tanto que dificilmente a crise Argentina prejudicará o PIB Brasileiro, tampouco irá contribuir. A Argentina será fator nulo para o PIB brasileiro em 2020.

Segundo ano de Governo

2020 será o segundo ano do governo Bolsonaro. No primeiro ano, os ministérios demoraram a se estabelecer. Ocorreram trocas rápidas, os ministros estavam conhecendo seus postos, o governo estava testando sua relação com o Congresso.

Em 2020, isso estará mais solidificado. O Congresso já começa com uma agenda, os ministérios continuam seus trabalhos. As eleições municipais podem atrapalhar, mas, ainda assim, o desempenho da máquina pública deve ser melhor do que em 2019.

Privatizações

Conforme os planos do governo, as privatizações devem ganhar força em 2020. Principalmente os projetos voltados à infraestrutura. Com os juros baixos no exterior, o Capital procurando bons investimentos, a China e a Arábia Saudita já acenaram com valores bem robustos para serem investidos no Brasil.

Desemprego

Em 2020, o desemprego deve consolidar sua mudança de direção do modo demissão para o modo contratação. Mesmo com 12 milhões de desempregados e um ritmo lento de contratações, com essa mudança de direção, o risco de perder o emprego tende a diminuir, e os 95 milhões de empregados estarão mais confiantes para consumir (o consumo das famílias corresponde a 60% do PIB). Dependendo da velocidade e força dessa volta de confiança para consumir, 2020 terá um PIB significativamente superior ao de 2019.

Juros

Em 2020, os juros serão os mais baixos da história. Incentivando os investimentos e o consumo, alinhado à inflação baixa e os outros fatores citados acima, parece sensato presumir que 2020 terá um PIB muito melhor que 2019. Agora, é trabalhar para ajudar a realização dessa expectativa.

30 Agosto 2021

[Case] Havan ganha eficiência nos controles internos e padronização de informações com a solução WFN Lease

A Havan, fundada em 1986, é a loja de departamentos mais completa do Brasil, com mais de 100 mil produtos. Está presente...

Continue lendo
24 Agosto 2021

IFRS 16: Adequações dos contratos e expediente prático criado para os impactos da Covid-19

Em vigor desde 2019, o IFRS 16 sofreu alterações em 2020, como forma de refletir os impactos da pandemia no setor de lea...

Continue lendo
13 Agosto 2021

Como o WFN Lease (IFRS 16) trouxe mais agilidade e segurança para a controladoria da Sotreq

Fundada em 1941, a Sotreq atua como revendedora de máquinas, peças, serviços e sistemas Caterpillar. Hoje, conta com 60 ...

Continue lendo