+55 (47) 2101-7070
Voltar

Tecnologia em nuvem: 4 práticas que geram valor para um negócio

07 Fevereiro 2024

As estratégias de migração para a nuvem precisam ser elaboradas de acordo com as características, recursos e demandas de cada corporação, e, para um bom começo, separamos 4 passos que podem guiar você.

Cada vez mais populares, os recursos de cloud computing já se tornaram indispensáveis em muitos lares e em organizações de diferentes portes. Dos documentos corporativos até as tarefas essenciais para as atividades de qualquer empresa, hoje tudo passa pela nuvem ― E no mundo dos negócios, esse tipo de ferramenta tem mesmo se mostrado como peça-chave para quem deseja otimizar processos internos e alavancar o sucesso da companhia como um todo. 

Com a complexidade crescente das demandas, um mercado dinâmico que exige adaptações constantes e as novas modalidades de trabalho remoto, o êxito corporativo só é alcançável por meio da migração para o digital. Diante desse cenário desafiador, muitos gestores e tecnólogos enxergam na tecnologia em nuvem uma oportunidade de conferir mais eficiência e assertividade às operações das empresas. No Brasil, segundo dados da Deloitte, 79% das corporações já iniciaram ou concluíram a migração para a nuvem. Outros 10% pretendem migrar muito em breve. 

Os resultados positivos dessa nova fase da economia digital já são visíveis. Mas os múltiplos benefícios da tecnologia em nuvem dependem de um conjunto de boas práticas que englobam desde a implementação até o uso estratégico do recurso.

 

Por que a Nuvem ainda não faz parte de 100% das corporações?

Embora a presença do cloud computing no cenário corporativo venha crescendo rapidamente nos últimos anos, ela ainda não é uma unanimidade, afinal, a migração é um processo de várias etapas que pode incluir algumas barreiras. 

Em muitas empresas, a principal dificuldade enfrentada pelos administradores é a necessidade de reinventar as estratégias de negócios com base na nuvem. Em outras palavras, não basta recorrer às ferramentas de cloud para executar uma parte das atividades corporativas, usando-as meramente para hospedar e enviar documentos digitais, por exemplo. É preciso modificar o modelo operacional da organização, o que exige adaptações diversas, como a capacitação dos funcionários e a implementação de novas práticas de compliance.

Portanto, a eficácia da migração para a nuvem está atrelada principalmente a dois fatores primordiais: a elaboração de uma estratégia clara e o uso inteligente das tecnologias. As vantagens de superar essas barreiras incluem redução dos custos, maior facilidade na hora de conquistar a confiança dos stakeholders e muito mais. 

Uma pesquisa da PwC também buscou analisar os efeitos positivos da cloud e, de acordo com o levantamento, as empresas baseadas na nuvem são 4 vezes mais propensas a dizer que conseguem atingir a geração de valor desejada em diversas áreas. Entre os ganhos mais relatados ainda estão o aumento da produtividade, melhor rentabilidade, experiência do cliente aprimorada, novos fluxos de receita e menor prazo de colocação no mercado.

Kit Tecnologias na Tesouraria


4 práticas que geram valor aos negócios baseados no sistema de nuvem

Mas a pergunta que fica é: qual é a receita do sucesso para empresas que desejam potencializar o desempenho dos negócios por meio das tecnologias em nuvem?

Na realidade, não existem fórmulas prontas ou respostas universais. As estratégias de migração para a nuvem precisam ser elaboradas de acordo com as características, recursos e demandas de cada corporação. Entretanto, é possível apontar algumas boas práticas capazes de tornar o uso do recurso mais eficiente e garantir que essa abordagem gere os resultados esperados. 

Basicamente, são 4 ações que facilitam esse processo:

  • Ter uma abordagem holística

Para que as tecnologias em nuvem ajudem a melhorar o desempenho de uma empresa, é preciso saber aplicá-las de forma holística.

Isso significa que, em termos de eficiência, vale mais a pena adotar uma abordagem de nuvem multifacetada do que um processo de migração linear. Imagine, por exemplo, uma empresa que decide passar sua carga de trabalho para uma plataforma cloud, seguindo depois para a remodelagem dos ativos e, posteriormente, para o desenvolvimento de aplicações nativas. Além de demorada, essa jornada dificulta uma evolução integrada das diferentes esferas da transição para cloud. O ideal é investir em uma proposta combinada, que proporcione um progresso simultâneo em todos os aspectos: migração das operações, modernização e desenvolvimento nativo em nuvem.

  • Colaboração entre equipes desde o princípio

A transformação digital não pode acontecer sem boas doses de colaboração entre equipes de diversas áreas e transferência de conhecimento, afinal, para que a empresa aproveite plenamente tudo que as tecnologias em nuvem podem oferecer, é necessário que todos os gerentes e líderes estejam alinhados durante o planejamento e a implementação do recurso. 

Ainda segundo a PwC, nas organizações baseadas em nuvem que conseguem gerar valor, os CIOs e equipes de tecnologia trabalham em conjunto com as áreas de finanças. Essa colaboração contínua proporciona uma compreensão aprofundada de como o cloud computing muda os processos financeiros da empresa. Além disso, é essencial envolver no planejamento o CHRO e a área de talentos para garantir que todos os times recebam as atualizações e capacitações necessárias.

  • Basear-se na nuvem para organizar dados e definir as boas estratégias internas

Com as tecnologias em nuvem, o tratamento e uso estratégico dos dados pode se tornar bem mais eficiente.

O uso de provedores de serviços de nuvem (ou CSP, do inglês “cloud service providers”) permite a integração ininterrupta e a otimização de demandas ligadas à análise e engenharia de dados, desenvolvimento de relatórios, gestão de governança e manipulação de informações mestre. 

Em outras palavras, isso significa que o cloud computing ajuda os executivos a explorarem melhor os dados, modernizá-los e integrá-los a estratégias holísticas. Dessa forma, é possível tomar decisões mais assertivas com base em números concretos. 

  • Depositar confiança em projetos de nuvem

Por fim, as empresas baseadas na nuvem também devem entender que novos modelos de negócios sempre podem trazer novos riscos.

Por isso, elas precisam investir em medidas de segurança e práticas de liderança capazes de preservar a saúde da corporação contra todas as possíveis ameaças. Essas companhias demonstram um alto nível de maturidade de controle, dedicando esforços ativos a diversas questões, como governança de nuvem, segurança cibernética, avaliações de responsabilidade e privacidade de dados. Assim, é possível depositar confiança nos projetos de nuvem sem deixar a empresa vulnerável aos perigos modernos.

Segurança da Informação na Tesouraria


Gesplan: as melhores tecnologias em nuvem para alcançar grandes resultados

A adoção das tecnologias em nuvem já é um diferencial significativo no mercado. Nos próximos anos, a previsão é que ela se torne uma das principais barreiras competitivas do mundo corporativo. 

Para quem deseja gerar mais valor aos seus processos, o uso estratégico de recursos cloud tem se tornado indispensável. Além de se atentar às boas práticas de aplicação, é importante escolher ferramentas eficientes e confiáveis, como as da Gesplan. Especialista em soluções de planejamento financeiro e gestão de tesouraria, a Gesplan desenvolve tecnologias inovadoras que operam em cloud computing, garantindo alta segurança e performance otimizada. 

Nossas soluções ainda se integram ao seu ERP ― sendo de forma nativa com Oracle, SAP e Protheus e se conectam a qualquer ambiente, padronizando as fontes de dados e assegurando a qualidade das informações. Os mecanismos são validados por auditoria EY, com segurança e eficácia alinhadas ao padrão internacional SOC

Portanto, se você quer elevar o potencial transformador das tecnologias em nuvem e modernizar as finanças da sua empresa com suporte especializado e infraestrutura computacional de ponta, entre em contato com nossos especialistas para saber mais sobre nossas soluções e solicitar uma demonstração gratuita de cada ferramenta.

Infográfico CFOs

13 Junho 2024

Integração de sistemas: 5 aspectos a serem avaliados pela TI na escolha do fornecedor de softwares financeiros

Compatibilidade, conformidade regulatória, escalabilidade, segurança e customização são os principais fatores a consider...

Continue lendo
29 Maio 2024

Como a TI pode tornar sistemas integrados uma realidade na gestão financeira?

Algumas décadas atrás, era comum que as diferentes áreas corporativas funcionassem isoladamente.

Continue lendo
16 Maio 2024

5 vantagens que os sistemas financeiros em nuvem proporcionam para o setor de TI

Cada vez mais populares no universo corporativo, as tecnologias em nuvem são as maiores aliadas dos times de TI em muita...

Continue lendo